Prece de Súplica

A Melodia que Faz Brotar Compaixão: Uma Súplica ao Primaz dos Lamas
 

Gurus Raiz de Linhagem que ofertam Siddhis, deidades Yidam pacíficas e iradas, Budhas, Bodhissatvas e demais, pelas bênçãos enérgicas da verdade desses mananciais infinitos de refúgio, possa a intenção de nosso desejo ser vitoriosa.


No espaço das aspirações da poderosa fala (Ngawang), a mandala da sabedoria (Khyen) plenamente manifesta é supremamente (Rab) perfeita; irradiando as centenas de milhares de raios de luz branca, da exposição lúcida (Lekshay) de sua fala, amigo espiritual do oceano (Gyatso) dos ensinamentos dos Budhas (Thubten), a Vós rendemos homenagem.


Despontando da montanha glacial Kailash do sutra e do tantra, os fluxos dos quatro grandes rios da autêntica Linhagem, sussurrada espiralizam-se no Lago Manasarovar do vosso coração secreto. Ao Rei Naga, com chapéu das instruções para discípulos (Lobshay), nós vos suplicamos.


Externamente, eis adornado pelo treinamento da disciplina gentil; internamente, o fluxo de vossa mente é preenchido pela bodhicitta; secretamente, Vós sempre permaneceis nos profundos dois estágios. Suplicamos ao detentor vajra nascido com estes três treinamentos.


Neste tempo em que os seres estão obscurecidos pelas trevas das cinco degenerescências, se Vós descansais no vasto espaço da quietude, quem será nosso Mestre e refúgio, nosso guia em meio à noite escura? Oh refúgio inigualável, do vosso grande amor velai por nós da espaçosa amplitude.


E assim, Mestre protetor, por benevolência, não renuncieis a vossa promessa de dissipar a escuridão do declínio dos ensinamentos e dos seres nessa era degenerada. Mestre protetor como o sol, rogamos que vossa exuberante emanação suprema retorne sem tardar, ascendendo às encostas mais altas das montanhas leste da nobre linhagem.


Oh joia que realiza todos os desejos em torno da grinalda de nossas vidas. Possamos nós, respeitosamente, referirmo-nos à vossa proximidade como adorno de nossas coroas. Podeis Vós, sempre amparar-nos com o néctar de sua fala. E ainda que atinjamos a iluminação, podeis Vós permanecer conosco enquanto Mestre dessa família.


Glorioso Lama, corporificação de todos os refúgios, pelas bênçãos de vossa grande sabedoria, amor e poder, e pela força de nossa súplica unidirecionada de amorosidade fervorosa, possa esta ser realizada em consonância aos vossos desejos!


[Ao tempo que o onisciente, coroa de sublime ornamento do lótus, nosso guia supremo
de incomparável bondade, senhor da mandala, o qual o tudo permeia, o grande Vajradhara
Chogye Trichen Ngawang Khyenrab Lekshay Gyatso, Tashi Drakpai Gyaltsen Pal Zampo,
estava demostrando a dissolução de seu corpo da forma (Rupakaya) em dharmadato. Eu,
o Sakya Trinzin de Drolma Podrang, Ngawang Kunga, estabeleci esta aspiração com as
intenções mais elevadas e com reverência unifocada, enquanto emanavam-se nuvens de
oferendas, durante o Guru Puja na Assembleia reunida em Rajpu, de modo que toda a
Assembleia pudesse oferecer seu apelo]

oo0oo

voltar_edited_edited.png